HISTÓRIA DE BARRINHA

NAVEGAÇÃO DO RIO MOGI GUAÇU


A navegação foi implantada no Rio Mogi Guaçu pela Cia Paulista de Estradas de ferro De vias Fluviais com o único intuito de não perder o valioso frete oferecido pela rica região cafeeira de São Simão a Ribieirão Preto, alcançada por sua rival a companhia Mogiana. No dia 2 de dezembro de 1884 foi inaugurado o primeiro trecho, a partir de Porto Ferreira, até atingir a confluência do Rio Pardo, com os portos : PORTO PRAINHA, PORTO AMARAL, PORTO C. BUENO, PORTO JATAHY, PORTO CEDRO, PORTO GUATAPARA, PORTO M. PRADO, PORTO BARRINHA, PORTO PITANGUEIRAS E PORTO PONTAL.
PORTO BARRINHA e o PORTO PITANGUEIRAS E PASSAGEM  eram  portos onde se atracava o Barco a Vapor, que transportava pessoas e mercadorias, principalmente Café. O Porto Barrinha ficava no municipio de Jaboticabal, ao lado da Antiga Ponte sobre o Rio Mogi, e onde havia uma Balsa próxima para travessia do Rio Todo o Transporte daquela época era feito através da navegação sobre o Rio. A navegação do Rio se deu até 1903, e foi encerrada pela Cia Paulista de Estradas de Ferro em 1 de maio de 1903, quando a linha férrea já havia sido concluída próxima a estes portos. Havia em funcionamento 7 vapores, 36 lanchas e 2 balsas de ferro. Nome dos Vapores – CONDE D’EU, NICOLAU QUEIROZ, ELIAS CHAVES, ANTONIO PRADO, BARÃO DE JAGUARA, ANTONIO LACERDA e ANTONIO PAES.

ANTIGAS LOCOMOTIVAS

PONTE DE MADEIRA  SOBRE O RIO MOGI GUAÇU-1912

ANTIGOS VAPORES DO RIO MOGI

 

TRANSPORTE FERROVIARIO
A linha-tronco da Cia. Paulista de trens foi aberta com seu primeiro trecho, Jundiaí-Campinas, em 1872. A partir daí, foi prolongada até Rio Claro, em 1876, e depois continuou com a aquisição da E. F. Rio-Clarense, em 1892. Prosseguiu por sua linha, depois de expandi-la para bitola larga, até São Carlos (1922) e Rincão (1928). Com a compra da seção leste da São Paulo-Goiaz (1927), expandiu a bitola larga por suas linhas, atravessando o rio Mogi-Guaçu até Passagem, e cruzando-o de volta até Bebedouro (1929), chegando finalmente a Colômbia, no rio Grande (1930), onde estacionou.
A Estação da companhia Paulista de Estrada de Ferro de Barrinha foi inaugurada em 01 de Fevereiro de 1903. como uma das estações do então ramal do Mogi-Guaçu. Em fins de 1929, com a retificação e alargamento da bitola do trecho entre Guatapará e Bebedouro, pela margem direita do rio Mogi, incorporando todo o antigo ramal, a estação passou a ser parte integrante da linha-tronco da Paulista. Todo o transporte até então que era feito pela navegação do Rio Mogi Guaçu passa a ser feito através da linha ferroviária, transportando mercadorias , principalmente café e pessoas

ESTACAO PITANGUEIRAS

ESTAÇÃO DE BARRINHA - 1918




HISTORIA DE PITANGUEIRAS

HIS´TORIA DE BARRINHA